terça-feira, 7 de março de 2017

Namoro ou amizade?!


Olá, Pessoal!
Tudo bom?
Como foram de carnaval? Agora finalmente 2017 começou \o/

E vamos falar sobre Namoro x Amizade... aquela situação onde você tem um (a) amigo (a) e um belo dia, começa olhar pra ele (a) de um jeito "diferente"... ai ai ai 
SOCORRO... o que eu faço???? Calma... vou contar um pouco sobre a minha 
experiência no assunto, talvez isso possa te ajudar ;)

 Imagem Google
(filme Amizade Colorida) 

Quando mais nova, me apaixonava toda semana por um menino diferente... era cômico e trágico... 
como a gente sofre quando é mais nova, né?! o.O
Tudo vira uma tragédia sem fim... mas isso até a próxima semana, no meu caso hahaha
Não que fosse do tipo "fácil"... pelo contrário, muitas vezes o menino nem ficava sabendo que tinha algum interesse nele... mas houveram umas 3 situações que precisei falar, até pq existia a dúvida se isso era apenas uma "confusão" da minha cabeça... má interpretação, ou qualquer outra coisa deste tipo.

1) Eu deveria ter uns 15... 16 anos... a gente se falava praticamente todos dias, horas, na porta da minha casa, um dos assuntos era que ele gostava de uma menina que não correspondia...(ela ficava se fazendo, no meu ponto de vista rsrsrs) Até que chegou um momento que começaram as indiretas... aquelas brincadeiras que sempre deixa algo subentendido no ar... e rolou um beijo numa brincadeira durante uma festa de aniversário... e nunca mais tocamos no assunto e por outros motivos que não vem ao caso... acabamos perdendo o contato por 20 anos... nos reencontramos virtualmente e essa história veio a tona... e qual foi o resultado? Ele tb lembrava da nossa amizade por todos esses anos... e já havia me procurado... porém a nossa vida tomou rumos diferentes que não caberia a nós querer voltar no tempo pra ver o que teria acontecido se não tivéssemos perdido o contato, logo depois daquele aniversário... o lado bom, é que a afinidade permanecia intacta, assunto não faltava, ainda mais tendo que por em dia 20 anos de papo. Esse é o tipo de amizade que um beijo e 20 anos sem contato algum, o tempo não apaga.

2) Um pouco mais tarde, lá pelos 17 anos... era um colega de aula, que volta e meia pedia meu caderno emprestado e deixava recadinhos na capa, convivíamos mais na escola,  no final de semana quando a turma combinava algo, ou ia passar alguns dias, na casa que eu veraneava...
Achei que era melhor perguntar logo se ele tinha algum outro interesse que não fosse só de amizade. Ai um dia, no final da aula, pedi pra conversar... ele disse que tinha uma namorada de outra cidade, e que gostava da nossa cia, apenas isso. Aceitei e resolvi seguir a vida, ainda mais aos 17 anos... hahaha Um tempo depois fomos numa festa com a mesma turma de amigos, e acabamos ficando... porém seguimos a festa e encontrando outras pessoas (não me julguem rsrsrs),
 e dps ele continuou indo me visitar, com a desculpa que "tava passando por perto"...
mas não fiquei mais, afinal de contas, ele disse que tinha alguém, né?! ... continuamos amigos.
Ele só parou de "passar por perto" da minha casa... quando numa dessas vezes,
eu disse que tava saindo...  pra encontrar meu namorado, ele jurando que era mentira... resolveu me dar carona até o encontro, e ainda esperou até o "felizardo" chegar... e ele chegou :D
A cena foi inesquecível, até hoje... como vocês podem perceber rsrsrsrs

Ficar de oba oba... já passou, hoje aos 3.7 já sei exatamente o que quero pra minha minha... 
e sem dúvida alguma não é ficar por ficar com alguém... sem que essa pessoa tenha interesse real em mim. Porém esse é o tipo de sentimento que não escolhemos... a única coisa que acontece com a maturidade, é que você vai ficando mais criteriosa/seletiva... já não se interessa
toda semana por uma pessoa diferente... mas quando percebe, já era! (aquela musiquinha sentimental do programa do Jo) rsrsrs
E o que fazer com o sentimento que não é mais apenas o de amizade?! 
Fingir que nada está acontecendo? Falar? Ou contar com o tempo?
Beeeem... no meu caso em particular, não sei ESPERAR pelo tempo... sempre achei que esperar, 
é um desperdício enorme de vida... quanta coisa perdemos de viver por conta do tempo ou do medo?! Amanhã ou depois quem garante q vamos estar aqui.. com a oportunidade de expor os nossos sentimentos? 
Não tenho essa garantia.... ninguém tem!

Se vocês já são amigos... é fato que existe intimidade pra ter um papo aberto...
sem muita enrolação, certo?
 - Ahhh, Deh, e o medo de que ele (a) não seja mais meu amigo (a)? 
 - Querido (a), se o medo for maior que o sentimento, não fala... pq aí você pode sofrer em dobro... pelo fato de não ser correspondida... e por perder a amizade.... pq se a outra pessoa não souber tirar de letra o fato de você gostar dela, além da amizade... sinto muito, mas que bom que você falou...e assim seguirá sua vida, pq nada nos bloqueia mais do que o fato de gostar de alguém e essa pessoa não saber. Você vai ficar se perguntado diversas vezes... "e se..." e qualquer atitude que ela tiver, 
vai pesar como um sinal, seja ele positivo ou negativo, mas nunca uma certeza. 
Pense comigo:
Se um (a) amigo (a) seu... gostasse de você... gostaria que ele falasse ou omitisse?!... e você ficasse se abrindo, falando sobre o que sente com relação a outra pessoa e ainda pedindo a opinião dele (a)?! 
Imagina o quanto você estaria magoando-o, sem saber?! 

Ou quando você abrir seu coração pra uma outra pessoa... descobrir que aquele amigo (a) tb gostava de você... e não tinha coragem de falar, pelo mesmo receio de perder sua amizade...

Não temos como prever o futuro, e por isso não temos o direito de ficar adiando nossa felicidade, o que tiver nas suas mãos, faça! Não omita sentimentos ... fale... demonstre... mas não guarde-os pra si. Deus nunca despertaria esse tipo de sentimento no seu coração,  se fosse pra ficar guardado... a outra pessoa tem o direito de saber que alguém como você gosta dela... o que ela fará com isso, já é uma outraaaa história... mas sem dúvida você se sentirá mais leve... pelo menos acho tenso ficar disfarçando o que realmente sinto, ainda mais nessa situação!
Também sei que falar é fácil... e só quem tá vivendo a situação, pode pesar o quanto vale expor ou não seus sentimentos.


Imagem Google
(Atores do filme Amizade Colorida)

Mas garanto pra você que isso não mata... tô viva e escrevendo esse texto pra você!

Tem pouquíssimo tempo que precisei expor mais uma vez o que estava sentindo, pra um amigo. Nossa amizade surgiu meio que de cara... nem havíamos nos visto pessoalmente... mas já sabíamos a existência um do outro, e depois foi empatia a primeira vista. Gostamos muito de conversar, o papo fluí fácil, sempre... com o tempo os laços foram estreitando, e logo no início ele contar que gostava de uma outra pessoa. Mas tlz por sempre ve-lo sozinho, atencioso, bem humorado, e nas minhas crises de "amiga" ciumenta... ele dizer que tava tudo certo... q não era pra eu esconder... pq esse era o meu jeito, e ponto... eu sabendo que não tava agindo de forma correta, ele disse não era pra mudar meu jeito "ciumento" por causa disso, tadinho... tem que ter muita paciência, vai dizer?! hahahaha
O fato de escolher falar foi mais pq não tava me sentindo confortável e ao invés de ficar na dúvida... expus e mesmo não sendo um sentimento mútuo entre nós... ele disse que não tinha como ter nada cmg pois não esta aberto a ter nada com ninguém e que sendo assim, corria o risco de estragar nossa amizade se deixasse algo rolar... Apesar disso, foi válido a nossa conversa.

Senão sofri nenhuma das vezes que não fui correspondida?
Lógico... chorei... me questionei:  - Porque sou ótima como amiga... mas só como amiga?!
Porém isso é só nos primeiros dias... depois passa... junto com a dúvida  "e se..." 
começo me sentir melhor comigo mesma... pq não tem como ser amiga, e ficar escondendo o que se sente de verdade..  fica parecendo mentirosa, justo eu que odeio mentira!

Como evitar? Ahhh... não tenha amigos homens se for mulher... ou com mulheres, se for homem hahahaha Simples, né?! #SQN
Pensando bem... as chances de não ser correspondido(a) por um(a) amigo(a), são mesmas com relação as pessoas que não são nossas amigas... ninguém tem obrigação alguma de corresponder nossos sentimentos, seja essa pessoa quem for. Só que é lógico que se for um(a) amigo(a)... já facilita bastante aquela primeira apresentação de nossas chatices, né?! Se bem que isso pode ser bom e tb ruim... dependendo da chatice de cada um hahahaha

É fato que a vida nos reserva sempre algumas pegadinhas... e surpresas... não dá pra ficar prevendo tudo... ainda mais quando trata-se de sentimento. Apenas viva e esteja aberta pra viver cada um deles de forma mais simples possível... sem drama... respire... e siga... se for o caso, e tiver a sorte de ser correspondida... agradeça e faça valer... Deus está colocando a cereja no bolo da amizade de vocês... porque nada pode ser mais especial... do que o amor que brota de uma amizade, em ambos! ♥

{Não marquei a 3º história... pra que você pudesse ler e identificar conforme fosse lendo ^^}

Se tiver algum comentário... ou dúvida... pode deixar logo abaixo no comentários do blog... ou enviar e-mail para bydehss@gmail.com com o assunto: #papodehz... vou adorar receber sua opinião ou dúvida!
Fique a vontade... um ótimo restinho de semana... um Feliz Dia das Mulheres (08/03)!
Até o próximo... fique com Deus... Bjim 

Um comentário:

  1. Muitas amizades entre homem e mulher não existem pelo simples motivo... Falata de sinceridade... Medo....
    Lendo aprendi que deve ser dito o que se sente... Se a pessoa que ouvir se afastar, é pq nunca mereceu e não merece tua amizade.... :-)

    Adora essa vida de leitor de blog... hehehehe....

    Thanks Deh...

    ResponderExcluir